Abotoados pela Manga

“Não há uma hierarquia entre os participantes – todos ‘estamos’ artistas – e cada um colabora com o que tem, pode e quer; num sentido coletivo e poético.”

Entre os dias 15 de Setembro e 02 de Outubro de 2010 – próximo a abertura da Bienal de São Paulo – um grupo de artistas e interessados em fazer arte e política ocupam um galpão em Pinheiros, num encontro que não pode ser tratado apenas como uma exposição de arte, mas uma exposição de motivos.

Há quinze anos Franz Manata deu início a um programa que já passou por Belo Horizonte, Rio de Janeiro e tem agora, em São Paulo, a sua mais madura e completa edição.

Desde seu início o projeto assumiu várias configurações, nomes e formatos. Nessa edição Maria Montero responde pela gestão curatorial e formatação final com Franz.

Durante um ano os dois percorreram cidades e ateliês mobilizando artistas com os quais Franz se envolveu de forma profissional e afetiva, ao longo da última década, pra fazer arte e política.

Com André Lenz / André Sicuro / Bernardo Mosqueira / Bruno Queiroz / Chico Fernandes / Cleantho Viana / Cristiano Renó / Daniel Murgel / Eduardo Bayer / Evandro Machado / Filé de Peixe / Franz Manata / Gráfica Utópica / João Maciel / Maria Montero / OPAVIVARÁ! / Pedro Victor Brandão / Rafael Polo / SoundSystem / Vivian Caccuri