Estorno (2017)

Estorno procura estabelecer uma relação entre diferentes agentes fiscais como um LARPG (live action role-playing game), e também como um teste de stress. É um trabalho de arte financeira-postal onde há uma oportunidade-enigma que triangula trabalhadores bancários, servidores públicos vinculados às 27 Secretarias de Estado de Fazenda do Brasil e funcionários do Tesouro Nacional, em Brasília. O objetivo da ação foi realizar uma devolução anônima de frações da criptomoeda Ethereum que, num futuro próximo, poderiam saldar dívidas nacionais. Trata-se de uma atitude de crédito benevolente frente aos anos de saqueamento público-privado que levou o país a uma de suas piores crises políticas da história.

Pensado como trabalho comissionado para a exposição DURA LEX SED LEX, parte da I Bienal da Unasul, Estorno começa com a criação de uma carteira de Ethereum usando uma parte do orçamento alocado para o trabalho (0.35 ETH). A carteira foi enviada como um enigma em um pendrive para o Tesouro Nacional, em Brasília. Um arquivo contendo a chave privada que dá acesso à carteira foi protegido pela seguinte frase-senha:

“Hoy, sin embargo, el capitalismo es un parásito del futuro, un vampiro que sobrevive de la tecnología y de los recursos de la libertad”

uma tradução livre extraída do livro de artigos Post-Scarcity Anarchism, de Murray Bookchin. A frase-senha de 27 palavras foi enviada de forma fracionada, como um enigma, para os gabinetes das 27 Secretarias de Estado de Fazenda, também com uma carta anônima com especulações sobre o futuro.

 

Carta ao Tesouro Nacional
impressão a laser
29x21,7 cm
edição única

TxID
impressão cromogênica
20x15 cm
edição única

Registro do material enviado na ação postal

Na exposição, foram mostrados traços da ação em uma vitrine, além da frase-senha impressa em adesivo vinílico na parede. 354 dias depois da carteira ser criada, os recursos foram sacados para uma exchange

Frase-senha
impressão cromogênica
30x40 cm
edição única

Referências ao filme de ficção-científica O mundo por um fio (1973,  Rainer Werner Fassbinder)

Lause #1, #2 e #3
impressões cromogênicas
15x20 cm (cada)
edições únicas

Capa e Páginas 58/59
impressões cromogênicas
20x15 cm e 20x30 cm
edições únicas

Guias de Recolhimento da União (Adeus Brasília) #1, #2, #3, #4 e #5
impressões a laser
24x21 cm (cada)
edições únicas

BTCUSD, ICEEUR (Previsão 2027)
impressão cromogênica
30x40 cm
edição única

XP
impressão UV
40x30 cm
edição única