Sem Título #1

Como exportar: cultura e opulência? (2013)

Projeto desenvolvido para o programa de residências de Terra UNA, em investigações visuais e textuais. Com uma câmera de grande formato (4x5 polegadas) fiz registros sobre o uso da terra dentro e fora da ecovila. Com a leitura e a re-escritura de dois textos, produzi uma crítica sobre a terra como produto. Em 2012 consultei Cultura e opulência do Brasil por suas drogas e minas…, de André João Antonil na Bibliothèque Nationale de France; e comparei este texto de 1711 com outro, Como exportar para o Brasil: guia prático sobre o processo de importação para o Brasil, de 2006. O resultado é a sobreposição de argumentos sobre os potenciais de um país frente a diferentes métodos de exploração econômica que, mesmo separados por quase trezentos anos, mantém semelhanças. As duas frentes, visual e textual, se confrontam criticamente quando o desenvolvimento e o progresso dependem de passados bárbaros e presentes opulentos.

impressões cromogênicas
126x166 cm ou 166x126cm
edição de 3 + 1 AP
2013

e um texto recombinado

Sem Título #2

Sem Título #3